##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Germán Augusto MURRIETA-MOREY José C. O. MALTA

Resumen

Quatro espécies de Copepoda foram coletadas em Serrasalmus altispinis provenientes de seis lagos de várzea no estado do Amazonas. Amplexibranchius bryconis e Ergasiilus jaraquensis nas brânquias, Gamidactylus jaraquensis e Rhinergasilus piranhus nas narinas. S. altispinis é um novo hospedeiro para estes parasitas. A. bryconis e E. jaraquensis são registrados pela primeira vez parasitando a um peixe da família Serrasalmidae. A. bryconis foi a espécie dominante nas brânquias e a que apresentou os maiores índices parasitários. Nas narinas G. jaraquensisfoi o parasita dominante. Houve correlação negativa significativa (p < 0,05) entre o comprimento de S. altispinis e a abundância de copépodes nas brânquias. Nas narinas houve correlação positiva não significativa entre o comprimento dos hospedeiros e a abundância de copépodes. Foi ampliada a distribuição destes parasitas em um novo hospedeiro.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Palabras clave
parasitos de peixes; Amplexibranchius bryconis; Ergasiilus jaraquensis; Gamidactylus jaraquensis; Rhinergasilus piranhus